Rede Social do Café

T Ó P I C O : Café: Bolsa de Nova York recua 70 pts nesta tarde de 6ª feira e completa terceira queda consecutiva

Informações da Comunidade

Criado em: 28/06/2006

Tipo: Tema

Membros: 5040

Visitas: 20.506.854

Mediador: Sergio Parreiras Pereira

                        

Adicionar ao Google Reader Adicionar ao Yahoo Reader Adicionar aos Favoritos BlogBlogs


Comentários do Tópico

Café: Bolsa de Nova York recua 70 pts nesta tarde de 6ª feira e completa terceira queda consecutiva


Autor: Leonardo Assad Aoun

35 visitas

1 comentários

Último comentário neste tópico em: 10/08/2018 17:48:16


Leonardo Assad Aoun comentou em: 10/08/2018 18:04

 

Café: Bolsa de Nova York recua 70 pts nesta tarde de 6ª feira e completa terceira queda consecutiva

 

Os contratos futuros do café arábica na Bolsa de Nova York (ICE Futures US) estendem perdas nesta tarde de sexta-feira (10). O mercado segue pressionado por fatores técnicos, como rolagens de posições, e câmbio, que impacta diretamente nas exportações da commodity. Essa é terceira queda seguida.

Por volta das 13h32 (horário de Brasília), o contrato setembro/18 registrava queda de 55 pontos, cotado a 107,10 cents/lb, enquanto o dezembro/18 anotava 110,05 cents/lb com 70 pontos de recuo. Já o vencimento março/19 caía 65 pontos, valendo 113,30 cents/lb e o maio/19 tinha desvalorização 55 pontos, a 1158,65 cents/lb.

"O arábica tem sido pressionado conforme os participantes do mercado saem de suas posições do contrato setembro para o dezembro, antes do primeiro dia de aviso do primeiro contrato no dia 23 de agosto", reportou no fechamento a Reuters internacional. O mercado, no entanto, também sente a pressão do dólar.

Às 11h56, o dólar comercial subia 0,96%, cotado a R$ 3,8399 na venda, em sessão marcada por forte aversão ao risco nos mercados internacionais. A moeda estrangeira mais alta tende a encorajar as exportações, mas pesa sobre os preços externos. O Brasil é o maior produtor e exportador de café do mundo.

Ontem, o Cecafé (Conselho dos Exportadores de Café) divulgou que as exportações do Brasil em julho totalizaram 2,03 milhões de sacas de 60 kg com alta de 27,5% ante o mesmo mês do ano passado. A entidade considera o saldo positivo mesmo diante de problemas observados na movimentação de carga nos portos e navios.

No Brasil, no último fechamento, o tipo 6 duro era negociado a R$ 420,00 a saca de 60 kg em Espírito Santo do Pinhal (SP), em Guaxupé (MG) os preços estavam cotados a R$ 431,00 a saca e em Poços de Caldas (MG) estavam valendo R$ 425,00 a saca.

Por: Jhonatas Simião

Visualizar | |   Comentar     |  



1