Rede Social do Café

T Ó P I C O : Cocatrel: maturação irregular e grande quantidade de cafés de varrição comprometem a colheita

Informações da Comunidade

Criado em: 28/06/2006

Tipo: Tema

Membros: 5111

Visitas: 21.735.270

Mediador: Sergio Parreiras Pereira

                        

Adicionar ao Google Reader Adicionar ao Yahoo Reader Adicionar aos Favoritos BlogBlogs


Comentários do Tópico

Cocatrel: maturação irregular e grande quantidade de cafés de varrição comprometem a colheita


Autor: Leonardo Assad Aoun

967 visitas

1 comentários

Último comentário neste tópico em: 06/06/2019 00:10:50


Leonardo Assad Aoun comentou em: 06/06/2019 00:21

 

Cocatrel: maturação irregular e grande quantidade de cafés de varrição comprometem a colheita

 

Como havia sido sugerido e noticiado pela COCATREL em setembro de 2018, as floradas desuniformes poderiam interferir na colheita e na qualidade do café da safra seguinte. Com o início da colheita em toda área de atuação da COCATREL podemos confirmar a interferência das floradas e das condições climáticas na qualidade do café assim como constatar uma colheita mais adiantada em relação ao mesmo período do ano anterior.

O grande número de floradas que ocorreu entre meados de agosto e o final de outubro aliadas a altas temperaturas em janeiro e fevereiro resultaram na granação irregular do cafeeiro com a presença de frutos de diferentes tamanhos além de grande desuniformidade de maturação, sendo constatada a presença de cafés verdes e secos em um mesmo ramo. Esse fato tem interferência direta na qualidade do café colhido. Outra dificuldade verificada na nossa região é a colheita de cafés cerejas, a qual tem inviabilizado muitas propriedades a produzirem café cereja descascado.

Para concluir, uma chuva atípica para o período, no último dia 17, com precipitações de até 130 mm, resultou em uma grande quantidade de cafés no chão, os chamados ‘cafés de varrição’. Desse total dos grãos, acreditamos que uma parte não será recolhida, resultando em perdas quantitativas aliadas a perdas qualitativas relacionadas ao contato direto dos grãos com o solo, o qual pode resultar em cafés de qualidade inferior. Outro fato preocupante é a presença da broca que poderá permanecer nos talhões de um ano para o outro, muitas vezes necessitando de controle, o que onera o custo de produção e pode comprometer a próxima safra em termos de qualidade e rendimento.

Colaboração: Thamiris Bandoni Pereira- COCATREL
Francisco de Paula Vitor Miranda- COCATREL
Manoel Rabelo Piedade- COCATREL

Fonte: Conselho Nacional do Café

Visualizar | |   Comentar     |  



1