Sociologia no Colégio Graham Bell

T Ó P I C O : Televisão e sexualidade

Informações da Comunidade

Criado em: 07/08/2009

Tipo: Empresa

Membros: 172

Visitas: 254.093

Mediador: João Paulo Rangel

Comunidade da disciplina de Sociologia do Colégio Graham Bell/RJ

Site: http://www.colegiogbell.com.br/

Adicionar ao Google Reader Adicionar ao Yahoo Reader Adicionar aos Favoritos BlogBlogs


Comentários do Tópico

Televisão e sexualidade


Autor: João Paulo Rangel

14.887 visitas

17 comentários

Último comentário neste tópico em: 20/06/2011 20:07:34


João Paulo Rangel comentou em: 16/06/2011 20:51

 

Televisão e sexualidade

 

 

O famoso autor de novelas Agnaldo Silva, ao responder se o bombardeio de sexo na televisão aberta pode, de alguma maneira, estimular a sexualidade precoce nas crianças, respondeu da seguinte forma:

 “Não é só na TV aberta. No Brasil, houve um momento em que esse negócio de sexo exacerbou de tal maneira que as meninas de 12 anos agora são moças! Houve uma mudança hormonal qualquer nas meninas – não nos meninos, que continuam meninos até os 18 anos – e elas, aos dez anos, começam a virar mulheres. É uma coisa pavorosa, porque você vê crianças com um apelo sexual incrível! Está errado! Isso foi uma mudança cultural no Brasil dos anos 1980 para cá que ainda não foi devidamente estudada pelos antropólogos e sociólogos de plantão, que estão mais preocupados com a política do que com qualquer outra coisa e não percebem que isso também é política. A brasileira não é diferente de nenhuma outra mulher do mundo, mas a levaram a acreditar que é um vulcão de sensualidade, e agora a maioria se comporta como tal. Vi em várias ocasiões pais que incentivam filhas de 7 anos a dançar na boquinha da garrafa! Essas coisas estão na TV, nas revistas, em todos os lugares! Aonde é que vamos parar? Foi por isso que botei aquela personagem adolescente grávida na novela, porque passei três vezes na frente de uma maternidade do Estado e vi que na fila das grávidas, onde havia umas 30 mulheres, pelo menos 20 eram adolescentes, e pelo menos duas não teriam mais de 11 anos. Todas lá, com o barrigão de fora, como se dissessem com orgulho: “olha até onde me levou a minha sensualidade!”

(Silva, Agnaldo. In: Dannemann, Fernanda. A próxima atração. Cult: revista brasileira de literatura, São Paulo, n. 91, p. 8-11, abr. 2005)

Visualizar | |   Comentar     |  


João Paulo Rangel comentou em: 16/06/2011 21:01

 

Perguntas para o segundo ano (17/06/2011)

 

1- Você acha que a situação apontada por Agnaldo Silva não passa de visão pessoal ou pode realmente ser observada no cotidiano?

2- O fato de jovens serem "socializados" desde pequenos através da TV realmente influencia o comportamento?

3- Ao explorar cenas de sexo as novelas formam uma visão distorcida da vida sexual do brasileiro? Que interesses podem estar por trás da afirmação da brasileira como "um vulcão de sensualidade"?

Visualizar | |   Comentar     |  


Guilherme Aires Marreiros comentou em: 17/06/2011 12:13

 

trabalho

 

1- Acho que isso pode ser observada no cotidiano,pois o que ele fez na novela de por a garota adolescente gravida,é pra mostrar que as pessoas tem que ter atençao sobre isso.

2-sim

3- Para trazer turistas para ca,para mostras que as mulheres daqui do brasil sao as melhores,e  elas chamam atençao das pessoas de fora tambem.

Visualizar | |   Comentar     |  


Luiz Gomes comentou em: 17/06/2011 12:15

 

Luiz Henrique e Victor Barros =D

 

1- Essa ideia levantada por ele pode ser observada no cotidiano, pois não é só na TV que se encontra o incentivo de as crianças entenderem sobre sexualidade. Este incentivo está na boca do povo, que está cada vez mais acostumado a ter filhos novos que já saibam sobre sexo.

2- Influencia a partir do momento em que esses jovens tomam como rotina ver essas informações que são impostas a elas pela mídia de um modo geral. E como esses programas televisivos estão cada vez mais comuns nas casas das pessoas, os jovens passam a assistí-los todos os dias, comunalmente.

3- Sim. Pois com essas novelas, a ideia de sexo fica muito mais comum entre as pessoas, como se isso fosse algo muito normal na idade de jovens. Essa ideia de que as mulheres brasileiras serem um vulcão de sensualidade só trás uma ideia ruim para o país, pois as pessoas de fora pensam que as mulheres daqui são todas "prostitutas" e que só pensam em sexo, e que aprendem essa ideia desde pequenas.

Visualizar | |   Comentar     |  


Yasmin Peña comentou em: 17/06/2011 12:15

 

Nome: Yasmin Peña

 

 

1-  Eu acho que ele eta correto, pois hoje em dia e dificil você encontrar uma garota de 11 anos "virgem" e que as garotas de 14 anos estejam gravida ou que ja são mães. 

2-  Sim, porque na maioria das vezes que se passa cenas na novela, "sexo",  com as meninas ou meninos mas novos, eles acham que tudo que se passa na novela eles podem fazer o mesmo.   

3-   Sim. A maioria das brasileiras desde pequenas elas ja sabem fazer muitas coisas sensuais, sabem dançar, cantar, entre outras coisas. E a TV é a maior cupada por isso, pois mostra muitas coisas para que as crianças e jovens aprendam.

 

 

Visualizar | |   Comentar     |  


Aira Vasconcellos comentou em: 17/06/2011 12:16

 

(:

 

 

1) Atualmente o sexo virou realmente algo do cotidiano, as meninas estão amadurecendo mais rápido.

2)Sim, todos sofremos influência da tv, e mudamos certa maneira de ver o mundo por isso.

3)Sim, mostram a vida sexual como se fosse o "tempo todo".São os interesses de mercado.

 

Visualizar | |   Comentar     |  


Felipe Sigilião comentou em: 17/06/2011 12:23

 

1022

 

 

1-  Sim, é possível observar no dia a dia que essa cultura sexual precoce se instalou na sociedade atra´ves dos meios de comucação. Não surgiu do nada, alguns grupos assim o quiseram, pois era uma fórmula que vendia, e consequentemente as crianças já aderem a esse tipo novo de ser.

2-  Claro. Eles, principalmente as crianças, reproduzem o que veem em casa, assim como o que veem na TV. Sendo assim, se um personagem faz algo muitas vezes, esse comportamento vai ser repetido nas ruas. O que se passa na TV, se a criança tem bastantwe contato com o aparelho, será aderido para o cotidiano.

3- Sim. Nem tudo é mil maravilhas e todos passam o dia inteiro sorrindo e toda vez que querem, a vida sexual de cada um fica magnânima. É uma fórmula que vende bastante e tráz lucros, fazendo com que essa detuparção da sociedade, por mais que seja maléfica, seja interessante para aqueles que escrevem, querendo sustentar a vida burguesa deles. Imagine cartazes do Brasil, ao invés de mostrar maravilhas do país, mostram mulheres na praia com pouca roupa...

Visualizar | |   Comentar     |  


Roberto Gomes de Almeida comentou em: 17/06/2011 12:25

 

Trabalho

 

1- Eu acho que foi uma visão pessoal,pois isso sempre aconteceu na tv. E a pessoa pode se influenciar ou não.

 

2-  Depende do jovem, alguns podem ser outros não.

 

3-  "Mostrar" para os mais jovens como é o sexo e a sensualidade.

Visualizar | |   Comentar     |  


Felipe Macedo comentou em: 17/06/2011 12:26

 

Resposta:

 

 

1. É claro que o que ele diz é verdade, qualquer um que está na sociedade pode perceber.Apenas acho que ele não pode se justificar por esses motivos, está apenas dando voltas para se livrar das críticas.
 
2. Sim, pois a TV mudou a velocidade com que as informações chegam nas crianças.
 
3. O turismo sexual e a venda de nosso pais como capital mundial do sexo.

Visualizar | |   Comentar     |  


Vinicius Barreto comentou em: 17/06/2011 12:27

 

Trabalhooooo !

 

 

1- Acho que essa situação é muito observada no cotidiano, pois hoje em dia as "crianças" pensam em sexualidade cada vez mais cedo,  devido a influência de músicas e principalmente da TV.
 
2- Sim, pois os jovens se espelham muito no que veem na TV.
 
3-Sim, torna a idéia do sexo muito mais comum entre as pessoas. Tem o interesse turístico, pois para muitos estrangeiros, o Brasil sempre é visto como um lugar de extrema sensualidade.

Visualizar | |   Comentar     |  



12