Sociologia no Colégio Graham Bell

T Ó P I C O : Escravidão e servidão

Informações da Comunidade

Criado em: 07/08/2009

Tipo: Empresa

Membros: 172

Visitas: 259.771

Mediador: João Paulo Rangel

Comunidade da disciplina de Sociologia do Colégio Graham Bell/RJ

Site: http://www.colegiogbell.com.br/

Adicionar ao Google Reader Adicionar ao Yahoo Reader Adicionar aos Favoritos BlogBlogs


Comentários do Tópico

Escravidão e servidão


Autor: João Paulo Rangel

3.974 visitas

13 comentários

Último comentário neste tópico em: 12/08/2011 12:39:32


João Paulo Rangel comentou em: 12/08/2011 11:28

 

Escravidão e servidão

 

Respostas do segundo ano.

Visualizar | |   Comentar     |  


Guilherme Aires Marreiros comentou em: 12/08/2011 11:52

 

guilherme

 

 

1) os escravos.
 
2) Administrar as terras que eles cuidavam.
 
3) Eles vivem com esse objetivo de ser escravo.
 
4)
 
5) Sim,atividades artesanais
 
6)
 
7) sim

Visualizar | |   Comentar     |  


Lucas Paranhos comentou em: 12/08/2011 11:52

 

Alunos: Jùlio César & Lucas Paranhos. Turma:1022

 

1) Os artesãos e os camponeses.

2) Discutir os assuntos da cidade e o bem-estar dos cidadãos.

3) Os senhores feudais e os mem­bros do clero. A terra era o principal meio de produção, e os trabalhadores tinham direito a seu usufruto e ocupação, mas nunca à propriedade.

4) O uso do moinho, do forno, dos tonéis de cerveja e pelo fato de, sim­plesmente, residir na aldeia.

5)Sim. As atividades artesanais, desenvolvidas nas cidades e mesmo nos feudos, e as ati­vidades comerciais.

6) O trabalho era muito desvalorizado,  não era o elemento central, o núcleo que orientava as relações sociais.

7) Sim. O trabalho intelectual indicava uma posição social mais elevada, enquanto o outro mais hercúleo e braçal era menos valorizado e comum em posições sociais precárias.

Visualizar | |   Comentar     |  


Arthur Lima Floreal comentou em: 12/08/2011 11:56

 

Respostas Arthur

 

 

1)Os escravos os servos e os “camponeses livres”

 

2)De certa forma viver do trabalho dos outros.

 

3)Eles teoricamente só não teriam os mesmos deveres de obedecer a um mestre mas deveriam produzir como os servos e os escravos.

 

4)As garantias eram taxas sobre o lucro da produção.

 

5)Sim as atividades artesanais e as comerciais.

 

6)No caso do trabalho braçal era pouco valorizado.

 

7)Sim porque era tudo ligado de forma de forma direta ou indireta e cada pessoa já tinha uma forma de vida determinada pela posição social em que nascia.  

 

Visualizar | |   Comentar     |  


Felipe Sigilião comentou em: 12/08/2011 11:58

 

-Y -F

 

Felipe Sigilião n' Yasmin Peña - 1022

 1. Quem garantia a produção de bens que supriam a necessidade dos proprietários de terras, no mundo greco-romano e na sociedade medieval?  Basicamente, os servos e escravos.

2. O que cabia aos senhores, nessas sociedades? Não fazer nada, ou como é politicamente correto de se dizer, levar uma vida ociosa para discutir sobre as políticas das cidades e os que a habitavam.

3. Qual a relação dos trabalhadores livres com a terra? Eles podiam viver dela e morar, mas nunca as possuir. Mesmo que livres, quando trabalhavam, deviam aos senhores suas obrigações, com a corvéia inclusa.

4. A corvéia, a talha as banalidades eram espécies de obrigações que o servo ou o trabalhador, mesmo livre, deviam aos proprietários de terras. O que garantia esse sistema de “pagamento”?  A ideia de propriedade privada garantia que a terra continuasse sendo dos senhores. Mais uma sociedade estamental, garantindo que o servo seria o servo. Tudo isso garantia que os servos não se rebelassem, e assim, ficassem sem opções sobre o que fazer e onde ir, tendo o pagamento como única opção. 

5. Havia outras formas de trabalho na sociedade medieval? Quais? Havia os artesãos, comerciantes, ferreiros, alfaiates, etc... Discutir sobre as políticas, trabalho da nobreza, nunca foi bem um trabalho, para eles.

6. Qual o valor do trabalho humano nas sociedades greco-romana e medieval? Nenhum e todo. A mão-de-obra era vista (e ainda é!!) como trabalho inferior, não-digno daqueles tidos como superiores. Logo, era uma desonra ser um camponês ou algo assim. Mas ao mesmo tempo, quem produzia o bem estar da nobreza, os alimentos da população, edificações, etc, isto é, todo o sistema das cidades, por assim dizer, eram os mesmos explorados e rotulados como seres inferiores.

7. Você diria que nessas sociedades havia um “mundo do trabalho” orientando as relações sociais?

Sim. Os servos tinham apenas a relação de subserviência e ser superior com os senhores das terras. Os nobres também agiriam de acordo com a posição de trabalho daquele com quem falavam, se o faziam.
 

Visualizar | |   Comentar     |  


rodrigo comentou em: 12/08/2011 12:07

 

trab. Rodrigo e Luis Felipe

 

 

1- Os meeiros, artesãos, escravos, camponeses de um modo geral.
 
2- A Talha, a corvéia, a discusão sobre o que era melhor para a cidade.
 
3-  O trabalhador livre era dominado pelo homen ele pertencia a  terra, podendo sair dela, além de trabalhar na parte que ra destinada para o seu uso ele tinha que trabalhar também  na terra do nobre, além de pagar diversos impostos para o senhor feudal.
 
4- A idéia de que o nobre não podia trabalhar, o modo como os senhor criavam impostos para prender os trabalhadores( livres, camponeses ) a terra.
 
5- Sim. As atividades artesanais, desenvolvidas nas cidades e mesmo nos feudos, e as atividades comerciasis
 
6- Ele era menospresado o intelecto era mais valorizado, o trabalho braçal de pegar numa enchada e cultivar a terra o valor que se dava era muito inferiror ao dos pensadores da época.
 
7- Não. Estas relaçoes eram hereditárias, pela religião, pela honra, pela lealdade e pela posição em relação às questões públicas, o "mundo do trabalho" servia apenas para sustentar tudo e todos de um modo geral, este mundo servia para sustentar a sociedade.

Visualizar | |   Comentar     |  


Luiz Gomes comentou em: 12/08/2011 12:11

 

Nomes: Luiz Henrique e Vinicius Mattos =)

 

1) Os escravos e os camponeses.

2) Os senhores só "fiscalizavam" o trabalho dos escravos, ou seja, ficavam nas suas casas, esperando que os outros trabalhassem para eles.

3) Os trabalhadores trabalhavam nessas terras, e em troca desse trabalho, recebiam moradia dos senhores da época.

4) O que garantia esse pagamento era um sistema de troca entre os trabalhadores e os senhores. Os trabalhadores faziam o que os senhores mandavam e em troca recebiam a moradia.

5) Tinha atividades artesanais e comerciais.

6) O trabalho braçal e as pessoas que "botavam a mão na massa" eram pouco valorizados, menos do que os "espertos".

7) Não, pois estas relações entre os trabalhadores e os nobres era  tratada como uma hierarquia, ou seja, os trabalhadores eram sempre piores que as outras pessoas dessa pirâmide.

 

Visualizar | |   Comentar     |  


Felipe Macedo comentou em: 12/08/2011 12:23

 

Resposta:

 

 

1.Os servos e escravos.
2.Apenas discutir o melhor caminho para aquela sociedade, ou seja, nada.
3.Eles poderia trabalhar e usufruir dela, mais nunca poderiam se tornar os donos daquela terra.
4.Por meio de algum pacto religioso, ou como um meio de melhorar a sociedade em geral.
5.Sim, o trabalho intelectual que era mto valorizado.
6.Muito desvalorizado, e mto importante para a sociedade, geralmente em regime de escravidão.
7.Sim.

Visualizar | |   Comentar     |  


Aira Vasconcellos comentou em: 12/08/2011 12:24

 

Aira e Clarissa 1021, 1023

 

 

1) Os camponeses, escravos, servos e artesãos.
2) Levar a uma discusão sobre as melhorias que podiam ser feitas nas cidades.
3) Eles trabalhavam nas terras para receber moradiados senhores de terra.
4) Os trabalhadores obedeciam os senhores e em troca ganhavam moradia.
5) Sim, tinham, comerciantes, artesãos e etc.
6)O trabalho humano não era importante e pouco valorizada.
7)Sim, os servos eram inferiores aos senhores das terras. 

Visualizar | |   Comentar     |  


Gabriel Marino comentou em: 12/08/2011 12:24

 

Gabriel Marino/1022

 

 

1)Os produtores, camponeses e escravos que plantavam e colhiam tudo.
 
 
2)Os senhores pegavam os impostos e cuidavam da terra.
 
 
 
3)Eles tinham que trabalha só na terra e não tinham voz no sociedade e eram oprimidos pelos senhores.
 
 
 
4)A opresseão que os trabalhadores passavam e tinham que dar uma parte da sua colheita para os senhores.
 
 
 
 
5)Sim, o artesanato.
 
 
 
6)Ele era desvalorizado.
 
 
 
7) Não. O trabalho era um jeito de oprimir e fazer com que os outros moradores das cidades mantessem os senhores.

Visualizar | |   Comentar     |  



12