Rede Social do Café

T Ó P I C O : Empresa italiana OPEM abre sua primeira filial no Brasil

Informações da Comunidade

Criado em: 28/06/2006

Tipo: Tema

Membros: 5166

Visitas: 22.762.639

Mediador: Sergio Parreiras Pereira

                        

Adicionar ao Google Reader Adicionar ao Yahoo Reader Adicionar aos Favoritos BlogBlogs


Comentários do Tópico

Empresa italiana OPEM abre sua primeira filial no Brasil


Autor: Gabriela Rodrigues Narazeth

611 visitas

1 comentários

Último comentário neste tópico em: 20/10/2016 16:25:30


Gabriela Rodrigues Narazeth comentou em: 20/10/2016 16:07

 

Empresa italiana OPEM abre sua primeira filial no Brasil

 

Especializada em equipamentos de acondicionamento de café a vácuo e em cápsulas, empresa quer expandir atuação no mercado brasileiro e nos países vizinhos

 

Depois de ter comercializado por 20 anos e vendido aos torrefadores brasileiros os seus equipamentos de acondicionamento de café a vácuo, a OPEM S.p.A., com sede em Parma, Itália, abriu em setembro sua filial na capital paulista, de onde pretende operar novos negócios também com países vizinhos.  “Temos grandes expectativas na nova filial para a comercialização de equipamentos, que poderá alcançar não apenas os clientes brasileiros, mas também do Chile, Argentina e do Mercosul, oferecendo-lhes máquinas tradicionais e máquinas para cápsulas de café”, afirmou Fabio Binacchi, presidente da OPEM S.p.A.. Ele se refere, por exemplo, aos modelos de equipamentos de entrada tipo CR1P/CR2P para o processo de envase e acondicionamento de diferentes tipos de cápsulas. 

“Estarmos em São Paulo e no Brasil representa para nós um desafio” declarou Ombretta Sarassi, diretora geral da OPEM S.p.A., sublinhando que chegou o momento de dar início à internacionalização da empresa.  “Uma vez identificadas a sede e a equipe ideal, decidimos investir aqui. Apostamos muito no mercado das cápsulas devido ao elevado potencial de crescimento deste setor aqui no Brasil e nos países vizinhos” acrescentou. 

A OPEM Brasil é dirigida pelo sócio e diretor comercial local Marcelo Provetti, que conta com mais de 16 anos de experiência no setor de acondicionamento do café. O primeiro contato do executivo com a OPEM ocorreu em 2011; no ano seguinte foi convidado para ir à Itália para discutir sobre a sua representação no Brasil. “A decisão de abrir uma filial no Brasil amadureceu no decorrer de 2015, e em tempo recorde inauguramos a empresa em setembro deste ano”, diz Provetti.  “A OPEM S.p.A. é uma empresa muito sólida, muito séria e 90% focada no mercado do café. Costumamos dizer que tratamos o café com o respeito que merece, porque não se trata apenas de um gênero alimentício, mas sim de uma bebida extremamente importante para a economia brasileira”. 

Metas 

Nessa primeira fase de funcionamento, o foco será a venda de máquinas novas, com a assistência técnica prestada por técnicos brasileiros, adequadamente formados e qualificados.  “Essa possibilidade constitui um valor agregado importante porque reduz os tempos e custos, proporcionando segurança aos clientes”.   

Marcelo Provetti também destaca a instalação, no galpão da filial, de um equipamento completo para a produção de três tipos de cápsulas. “Isso irá nos permitir prestar consultorias, efetuar testes e produção para os torrefadores ou startups interessados nesse negócio. Estamos avaliando também, em função da flexibilidade fiscal entre os países do Mercosul, a viabilidade de poder produzir equipamentos menores diretamente no local. O investimento previsto é de 2 milhões de euros em três anos e sinto a responsabilidade de alcançar o ponto de equilíbrio o mais rapidamente possível”.

A empresa, entretanto, não aposta apenas no mercado de monodose. “Percebemos que no último ano o ‘packaging’ do café moído a vácuo voltou a se impor. A venda de alguns equipamentos para embalagem a vácuo, com soluções técnicas avançadas, nos fez entender que este método de acondicionamento ainda está muito ativo. A OPEM sempre foi líder nesse tipo de máquina e nada deve ser subestimado”. 

A abertura da filial em São Paulo foi comemorada também pelo cônsul geral da Itália, Michele Pala. Para ele, uma das funções dos consulados e embaixadas é justamente apoiar as empresas italianas. "Demonstrar que temos competências e tecnologia que podem ser importadas aqui significa também que o sistema empresarial italiano acredita no Brasil. É um momento muito importante e gostaria de congratular-me com a OPEM pelo investimento que está fazendo aqui. Esse é o momento certo porque a empresa já conhece o mercado brasileiro e sabe o que está fazendo”.

A sede da OPEM Brasil está instalada na Zona Leste de São Paulo, a 30 minutos do aeroporto de Guarulhos, em um edifício que inclui a área administrativa, com escritórios e uma área para reuniões, e um galpão de 680 metros quadrados, destinado à exposição dos equipamentos e às ampliações futuras programadas.

 

Divulgação: Assessoria de Imprensa da OPEM Brasil

Tempo de Comunicação – 19/10/2016

Jorn. Resp: Marília Moreira (MTb 11.381) – mariliatempocom@uol.com.br

Contato: Eduardo Buitron – edutempocom@uol.com.br

Fone: (11) 3868 4037 - Celular: (11) 9 8489 6063

 

Visualizar | |   Comentar     |  



1